CSA
texto curto: Articulação direta entre produtores e consumidores locais, criando uma comunidade solidária que aproxime e crie vínculos entre as pessoas, fortalecendo a agricultura orgânica local, melhorando a qualidade de vida de todos.
texto longo:

Não, não somos uma loja ou uma feira de orgânicos!

Em um CSA (Agricultura apoiada pela comunidade) você não compra, e sim se associa. Porquê? Por que o produtor orgânico que faz parte do CSA planta para os consumidores, e os consumidores por sua vez pagam o orçamento anual que este produtor tem para produzir o nosso alimento. Sendo assim, se temos 40 associados, esse orçamento é dividido por 40 e dividido por 12, dando o valor da mensalidade que devemos pagar pelo nosso alimento, recebendo uma cesta por semana. Esta prática é muito difundida na Europa, Japão e EUA e cresce a cada ano pois as pessoas não querem mais pagar por um quilo de tomate. Elas querem garantir que o pequeno produtor orgânico vizinho da cidade, continue fazendo o que mais sabe fazer: produzir orgânicos e não vendendo um quilo de tomate a preços variáveis ou vendendo a sua terra para uma imobiliária.

E é assim que temos um alimento orgânico de qualidade, com preço justo (afinal, o consumidor não estou pagando aluguel, Marketing, empregados, preços variáveis do mercado como acontece com a produção que vai para os supermercados) e ainda garantimos a sobrevivência dos produtores. É uma prática com visão social, humana e ambiental.

Aqui no CSA a gente é membro de um grupo, um grupo que apoia a agricultura orgânica, que consome direto do produtor e que decide tudo em assembléia, quando houver mudanças nas atividades de produção ou entrega das cestas. E sim, nos encontramos com este produtor uma vez por semana, podemos conversar com ele, saber como está a “nossa produção”, pedir dicas de receitas, trocar com outros membros idéias e abraços. Nos encontramos, nos apoiamos e nos alimentamos com tudo isso!

Permacultura Popular UrbanaCSA